Certificado digital já movimenta mais de R$ 6 trilhões ao ano no país

Segundo Antonio Cangiano, diretor-executivo da ANCD, isso se deve, principalmente, à segurança e ao menor custo possível em diversas transações que podem ser realizadas na internet com o certificado digital.

04 - dez - 15
COMPARTILHE

O uso de certificados digitais, espécie de carteira de identidade do usuário e garante a autenticidade da assinatura virtual mediante um código, já movimenta cerca de R$ 6,6 trilhões por ano, ou seja, o equivalente a 120% do valor do PIB brasileiro de 2014, de acordo com a Associação Nacional de Certificação Digital (ANCD).

 

Segundo Antonio Cangiano, diretor-executivo da ANCD, isso se deve, principalmente, à segurança e ao menor custo possível em diversas transações que podem ser realizadas na levitra to buy from uk internet com o certificado digital.

 

O certificado digital garante autenticidade às operações e é um método inviolável, que só o detentor do token ou dos chips embarcados em cartões magnéticos têm acesso, e ainda acrescenta uma assinatura (PIN) que somente ele sabe. “Portanto, o certificado digital oferece segurança muito maior a todas as transações, com custos menores em relação às cópias de documentos, autenticações, viagens para a assinatura de várias pessoas, economia imensurável de tempo, o recurso mais escasso e insubstituível, já que permite um processo instantâneo de envio e assinatura”, afirma o executivo.

 

Além disso, segundo Cangiano, o certificado digital oferece hoje um universo de mais de 2 mil aplicações de uso. “Isso

com toda a segurança de conteúdo e de não repúdio de autoria, o que proporciona validade jurídica às transações. É a tecnologia do presente, ponte para o futuro.”

 

Fonte: TI Inside/São Paulo